Como funciona a Renda Fixa e como posso ganhar dinheiro com esse investimento?

Por que você deve se interessar por Renda Fixa?

O dinheiro suado e ganho durante um mês de trabalho sempre parece ter um destino certo.

Contas básicas, como água, luz, aluguel, escola dos filhos ou a prestação de uma TV full HD. Um quadro normal da maioria dos brasileiros.

Porém, a maioria desconhece outras formas de fazer o dinheiro render e simplesmente o deixam na conta corrente ou em uma poupança, para ser gasto de qualquer forma.

Mal sabem eles que é possível fazer com que, independentemente do tamanho, esse dinheiro pode render muito mais do que imaginam.

É possível ganhar e economizar com a Renda Fixa

A regra nunca muda: o dinheiro deve trabalhar para você, e não o contrário.

E isto é possível para qualquer um, ainda mais em um país com histórico de altos juros.

Em outras palavras, para que se ganhe mais, e possa garantir uma boa reserva em qualquer situação, é necessário investir, mesmo que seja uma quantidade mínima.

Como investir na bolsa - Curso GRATUITO e online

Você receberá um e-mail com os dados de acesso. Caso não queira mais recebê-los, poderá cancelar o recebimento...

Pense no Longo Prazo 

 A palavra “investimento” pode causar calafrios em alguns.

Isto porque eles foram enganados com falsas promessas de dinheiro rápido e fácil, de maneira simples, mas que precisariam dispensar uma “pequena quantia” inicial.

Porém, quando se fala na prática de investir, não existe nenhum atalho.

É necessário que você tenha um pensamento de longo prazo, e faça pequenos aportes regulares para que, lá na frente, seus ganhos sejam muito mais expressivos.

Neste caso, a primeira opção como investidor, é buscar algum tipo de aplicação em que:

  • não se exija um valor expressivo
  • garanta retornos no mínimo, acima da inflação

E é por isso que, a primeira coisa a se fazer, é investir em Renda Fixa.

O que é Renda Fixa?

 Como o próprio nome já diz, um investimento em Renda Fixa é uma aplicação financeira em que o investidor sabe o quanto ganhará no fim do prazo acordado.

É bem similar a um modelo de empréstimo.

Em vez de manter seu dinheiro guardado, você o empresta a uma instituição pública (Governo) ou privada (Bancos e Corretoras), e eles te pagam em um prazo determinado, com o acréscimo de juros.

Esse valor pode ser nominal (um valor pré-fixado) ou pela variação de um índice (pós-fixado).

Pode parecer difícil de entender, mas vamos trazer aqui uma breve explicação de cada modalidade.

  • Prefixados: quando se investe em um título de Renda Fixa dessa natureza, a pessoa sabe exatamente o quanto vai receber no fim do período, mais os juros.
  • Pós-fixados: são aplicações financeiras em que o valor que será recebido no fim deste “empréstimo” variará de acordo com algum índice, como por exemplo, a taxa de inflação.

Os meios de investimentos mais conhecidos para investir em renda fixa são:

  1. Títulos públicos emitidos pelo governo (como o Tesouro Direto)
  2. Certificados de depósitos bancários (CDB’s)
  3. Letras de câmbio da agricultura (LCA)
  4. Letras de câmbio de imóveis (LCI)

Rendimentos acima da média

A maioria dos brasileiros desconhece qualquer outro tipo de aplicação que não seja a caderneta de poupança, como meio de fazer o dinheiro parado render juros.

Porém, como se sabe, essa rentabilidade tem sido corroída pelo monstro da inflação.

Vimos isso recentemente em 2015, quando ela atingiu a marca histórica de 10,67 %, sendo que a rentabilidade da poupança atingiu apenas 8,51% naquele mesmo ano.

Uma diferença que corroeu o poder de compra de muitos brasileiros.

Diferente daqueles que, por exemplo, deixaram seu dinheiro em um título pós-fixado do Tesouro Direto, que é indexado por essa taxa de inflação, conhecida como IPCA  (assunto para outro artigo).

Além de se protegerem contra esse revés econômico, o rendimento daquele ano foi muito superior ao da poupança.

Essa é uma grande vantagem das aplicações de Renda Fixa: rendimentos acima da média.

Quem investe em Renda Fixa fica feliz com seus ganhos

É uma forma de garantir uma grana extra, mesmo que seja investindo pequenos valores inicialmente.

Baixo risco da Renda Fixa em relação a outros investimentos

A pergunta que não quer calar, feita pela maioria daqueles que nunca investiram é:

“Será que é seguro usar meu dinheiro nesse investimento? Posso perder muito?”

A Renda Fixa é a primeira opção de investimento por ser fácil de se entender e acessível.

Mas outro fator que leva muitos a optarem por ela é seu baixo grau de risco, frente a outras aplicações.

A maioria das instituições que emitem os títulos dessa natureza, são sólidas e possuem robustez financeira (como o próprio Governo do país e bancos já por muitos anos consolidados no cenário econômico nacional).

Além disso, existe um seguro para ressarcir os investidores, caso alguns desses emissores de títulos de Renda Fixa quebre.

Uma instituição privada, conhecida como Fundo Garantidor de Crédito (FGC), assegura que o investidor recupere o valor perdido, em até R$ 250.000,00.

Porém, apesar de serem mais seguros e de baixo risco, estas aplicações podem sofrer variações durante o tempo de investimento combinado.

Mas não é necessário se assustar com essas oscilações, pois são normais devido ao estilo da economia do país.

Pontos altos sobre Renda Fixa

Ao analisar todos os fatos e compreender bem os conceitos mostrados, veja algumas coisas que você aprendeu neste artigo, e que vão te ajudar a analisar como investir seu dinheiro:

  • Renda fixa é uma excelente alternativa, se considerarmos a rentabilidade da poupança.
  • É um empréstimo que a pessoa física faz a uma instituição privada ou pública.
  • Tem esse nome por que possui regras de remuneração definidas.
  • Pode ser prefixada ou pós-fixada.
  • Baixo risco em relação a outras aplicações.
  • Apesar de ser segura, pode sofrer oscilações durante o tempo.

Com estes pontos em mente, agora você tem mais segurança para usar seu dinheiro em títulos de Renda Fixa.

Além de garantir uma renda extra e uma maior segurança do seu dinheiro, é uma forma de diversificar seus investimentos.

Está mais seguro para investir em Renda Fixa? Conheça o passo a passo para investir no Tesouro Direto e deixe seu comentário sobre o que acha dessa oportunidade de investimento.

Quer receber o passo a passo para Investir no Tesouro Direto com segurança

Insira o seu endereço de e-mail abaixo e clique em Quero Sim para receber grátis o passo a passo para investir no Tesouro Direto de Forma Segura.>